Personalidade Esquiva

Este tipo de personalidade descreve aquelas pessoas que são socialmente muito retraídas. Estes pacientes desejam manter relações sociais, o que os distinguem de outros grupos que descreverei depois. O esquivo anseia por contato interpessoal e ao mesmo tempo morre de medo desta aproximação. O medo por vezes ganha tanta força que termina por gerar uma sensação de angústia fazendo com que estas pessoas evitem situações sociais, evitam relacionamentos por terem medo de serem humilhados ou rejeitados. Contudo, essa vontade de ser relacionar por vezes fica muito disfarçada por debaixo de outros comportamentos.



Esta descrição de personalidade gerou muita polêmica por ser muito parecido com outro quadro chamado “fobia social”. Essa diferenciação ainda vai dar “pano para a manga” pois não existe um consenso entre os especialistas. Grosseiramente falando a personalidade esquiva é um mundo de ser no mundo, portanto é um estilo pessoal constante, visto desde muito cedo. Já fobia social pode aparecer no meio do caminho, pode aparecer depois de um evento traumático, ou ser apenas uma manifestação temporária no desenvolvimento do indivíduo.


Posto que se trata de um diagnóstico de personalidade, cabe uma observação referente ao texto que escrevi sobre o narcisismo. O papel da vergonha no paciente esquivo lembra a dinâmica de pacientes narcisista, especialmente aquele do tipo tímido (introvertido). Ambos sentem medo de se relacionar com os outros, e ambos sentem necessidade desta conexão. A grande diferença fica na sensação de grandiosidade (muitas vezes silenciosa) do narcisista que não está presente na personalidade esquiva. Por isso muitas vezes a diferenciação pode demorar pois exige que o terapeuta conheça muito bem o paciente. O narcisista deseja (ainda que secretamente) a admiração das pessoas, um tipo de reconhecimento de seus bons adjetivos. O esquivo quer aceitação, colo, carinho e amizade, quer se sentir seguro com a outra pessoa. O esquivo pode até lembrar o obsessivo, mas é diferente no que se refere a sensação de vergonha. O obsessivo não sente vergonha do contato com as outras pessoas.

Então quais são as características típicas do esquivo?

Se trata de uma pessoa bastante contida, retraída nas interações sociais e ao mesmo tempo muito sensíveis a sinais de reprovação, coisa que ele vive monitorando como se tivesse um radar buscando evidências de que não é bem visto.

Eles podem:

1-Evitar trabalhos que exigem muita interação com outras pessoas.

2-Evita envolvimento interpessoal até ter certeza absoluta da aceitação da outra pessoa.

3-Apresenta-se sempre como uma pessoa reservada, não necessariamente parece tímida, mas sempre existe uma barreira invisível em torno de si.

4-Em situações sociais fica sempre preocupado com as críticas das pessoas.

5-Interações novas (com pessoas desconhecidas) gera medo e ansiedade.

6-Se vê como inferior, se acha desinteressante, e sente que não pertence àquele grupo ou àquele ambiente.

7-Reticente em assumir riscos ou envolver-se em novas atividades por sentir vergonha.

A explicação da origem deste perfil pode ser diversificada pois as pessoas podem ser tímidas/esquivas por uma série de razões. Existe uma predisposição constitucional para evitar situações estressantes, que pode ter base no temperamento que é inato. O que quero dizer é que existem dados apontando que o traço de timidez tem uma raiz genética, contudo, são necessárias interações e experiências ambientais para sedimentar este traço.


A evitação e a timidez são formas de defesa contra o embaraço, a humilhação e a rejeição. O esquivo tende a se retirar das situações sociais, ele quer se esconder do afeto desagradável da vergonha. Muitos teóricos afirmam que quando crianças, os esquivos sentiram-se rejeitados pelos pais. Muitas vezes entendiam que suas necessidades de desenvolvimento eram impróprias e vivenciaram uma falha nas respostas adequadas dos objetos do self.

A boa notícia é que tem como melhorar!!! Se você ficou incomodado com este texto, procure conversar com um profissional da saúde mental.

(Embasado em Glen O.Gabbard)

44 visualizações2 comentários

CONSULTÓRIO

SHCSW lotes 3/4/5 - sala 255 - Centro Clínico Sudoeste , Brasília

(61) 3551-7078
(61) 99644-1818

Seg - Sex 
08:00 - 12:00
14:00 - 18:00
​​
Sábado
8:00 - 12:00 ​

© 2020 Espaço Serenitas. Criado por

44068_Zurc_150419 - branco.webp
whats.png